top of page

Quais são os tratamentos e as prevenções para a Osteoporose.



A osteoporose é uma condição metabólica em que ocorre uma diminuição progressiva da densidade óssea, resultando em um aumento do risco de fraturas. Essa doença afeta principalmente as pessoas à medida que envelhecem. Embora possa ocorrer em ambos os sexos, ela afeta principalmente as mulheres após a menopausa devido à diminuição na produção de estrogênio.


Além do envelhecimento e da menopausa, existem outros fatores de risco que podem contribuir para o desenvolvimento da osteoporose. Esses fatores incluem história familiar da doença, baixa ingestão de cálcio e vitamina D, tabagismo, consumo excessivo de álcool, falta de atividade física, uso prolongado de certos medicamentos (como corticosteroides) e algumas condições de saúde (como distúrbios hormonais e doenças inflamatórias).


O manejo da osteoporose envolve uma abordagem terapêutica abrangente, que inclui o uso de medicamentos apropriados, a suplementação de cálcio e vitamina D, a prática de exercícios físicos com o acompanhamento de um médico fisioterapeuta e, quando necessário, a consideração da reposição hormonal.


Diversas categorias de medicamentos são utilizadas no tratamento da osteoporose, sendo selecionadas de acordo com as características individuais de cada paciente. Entre eles, destacam-se os hormônios sexuais, os bisfosfonatos (como o alendronato), os moduladores de receptores de estrogênio e a calcitonina de salmão. Em casos mais graves da doença, assim como para pacientes com intolerância aos bisfosfonatos, a administração diária subcutânea do hormônio das paratireoides pode ser considerada.


No entanto, é fundamental compreender que a prevenção desempenha um papel crucial no cuidado da saúde óssea. Cerca de 90% da estrutura óssea humana é formada até os 20 anos de idade, tornando essencial adotar medidas preventivas contra a osteoporose desde a infância, com ênfase especial durante a adolescência. Para promover a máxima formação de massa óssea possível, é essencial seguir três medidas básicas ao longo da vida: garantir a ingestão adequada de cálcio, buscar exposição solar para a síntese de vitamina D no organismo e manter uma rotina regular de exercícios físicos.


Portanto, é importante que as pessoas adotem um estilo de vida saudável desde cedo, incluindo uma dieta balanceada, atividade física regular e exposição ao sol adequada, a fim de fortalecer os ossos e reduzir o risco de desenvolver osteoporose no futuro. Além disso, consultas regulares com profissionais de saúde e exames de densidade óssea podem auxiliar na detecção precoce da doença e na implementação de medidas preventivas e terapêuticas adequadas.


Comentarios


bottom of page